MP Lafer na Alemanha

MPs na Alemanha: fruto do esforço da Lafer para exportar produtos brasileiros.
MPs na Alemanha: fruto do esforço da Lafer para exportar produtos brasileiros.

A nação que brindou os entusiastas do mundo inteiro com marcas emblemáticas como Audi, BMW, Mercedes-Benz e Porsche, abriga em suas garagens floridas alguns exemplares do conversível brasileiro com motor de Volkswagen.

Texto de Jean Tosetto com imagens gentilmente cedidas por Ludwig Stolz.

A Lafer foi criada no Brasil em 1927, originalmente como loja de móveis. Em 1961 a segunda geração da família assume a empresa e muda os seus rumos. O arquiteto Percival Lafer passa a projetar as mobílias. Seu irmão e também arquiteto Oscar assume a direção comercial das lojas, e o engenheiro Samuel Lafer se encarrega do setor fabril.

A Lafer adota duas políticas desde então, que a salvaria das recessões cíclicas da economia brasileira: a empresa resolve patentear suas criações, de onde se origina a sigla "MP" de Móveis Patenteados - impedindo que os chineses viessem a copiar seus projetos quarenta anos depois; e tão importante quanto: a Lafer aponta sua mira na exportação de seus produtos, para não depender exclusivamente do mercado interno.

Ainda na década de 1960 a Lafer estabelece uma rede de contatos com revendedores europeus e norte-americanos. A geração de divisas com esta operação faz a empresa diversificar seus ramos de atuação, adentrando no mobiliário urbano através do emprego da fibra de vidro, e desaguando na criação do automóvel MP Lafer, cuja linha de produção teve início em 1974, baseada nos protótipos construídos desde 1972.

Logo o veículo da Lafer seguiu o rastro da exportação, pelo caminho já trilhado pela empresa. A participação em feiras de negócios teve importância fundamental neste processo. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, de 1º de outubro de 1975, o MP Lafer foi um dos destaques do Salão de Frankfurt daquele ano, ganhando espaços generosos na cobertura da imprensa alemã, especialmente na revista Quick. Naquela época o MP Lafer era vendido na Alemanha por 19.800 marcos alemães.

As rodas originais do MP Lafer não puderam desembarcar na Europa junto com os carros, que adotaram rodas da Volkswagen.
As rodas originais do MP Lafer não puderam desembarcar na Europa junto com os carros, que adotaram rodas da Volkswagen.

Os laferistas da Alemanha participam de encontros de marcas variadas.
Os laferistas da Alemanha participam de encontros de marcas variadas.

Centenas de conversíveis da Lafer desembarcaram na Europa até 1988, ano de encerramento da produção do modelo. Os números não são precisos pois os registros da empresa estão dispersos no arquivo morto e nas mãos de ex-funcionários do setor automobilístico.

Se a manutenção do MP Lafer no Brasil foi prejudicada após o fim da fábrica até a criação do Clube MP Lafer Brasil, e das oficinas de restauração da marca, no fim dos anos de 1990, imagine o que ocorreu com os carros em outros continentes... A criatividade entrou em campo na preservação destes.

MPs estacionados em Rheingau, Eltville, durante reunião de agosto de 2014.
MPs estacionados em Rheingau, Eltville, durante reunião de agosto de 2014.

O advento da Internet ajudou na reunião de informações a respeito do MP Lafer e de vários outros carros antigos. No Brasil, na virada do milênio, sites como o mplafer.com e o mplafer.net colaboraram para agregar os fãs da marca, preservando suas características originais.

Este fenômeno aconteceu em menor escala e tardiamente na Alemanha, com a criação do site www.mp-lafer-germany.de em 2011. Seu editor se chama Ludwig Stolz, que é comerciante do ramo de eletrodomésticos e possui um MP Lafer 1988 desde 1994, que tem o carinhoso apelido de “Ayrton”.

Frame do site do MP Lafer na Alemanha.
Frame do site do MP Lafer na Alemanha.

O MP Lafer 1988 de Ludwig Stolz.
O MP Lafer 1988 de Ludwig Stolz.

Graças ao empenho de Stolz, outros proprietários de MP Lafer passaram a se conhecer através do site e das redes sociais, a ponto de organizarem um encontro anual da marca, nos moldes do que é feito no Brasil. Este evento ocorre sempre no mês de agosto, no auge do verão europeu.

O primeiro encontro aconteceu em 2012, na cidade de Heinsberg, que repetiu a dose no ano seguinte. Em 2014 o destino dos laferistas alemães foi Eltville e finalmente em 2015 a cidade escolhida foi Munique. Em cada edição, de oito a dez exemplares são reunidos: um número a se comemorar em se tratando de um país europeu, distante quase 10 mil quilómetros da fábrica em São Bernardo do Campo.

Os MPs reunidos no Hotel Polisina em Ochsenfurt, em agosto de 2015.
Os MPs reunidos no Hotel Polisina em Ochsenfurt, em agosto de 2015.

Uma coisa os laferistas alemães podem fazer, que deixam os brasileiros com muita inveja: correr de MP Lafer no circuito histórico de Nürburgring!


O site mplafer.net registra os parabéns para todos os entusiastas do MP Lafer na Alemanha.

Veja também:

3 comentários:

  1. Viele Grüße an alle Laferista in Brasilien und der ganzen Welt. Danke, lieber Jean Tosetto für diesen netten Bericht. Herzlichen Dank an Percival Lafer das Du dieses wundervolle Auto für uns gebaut hast. Viele Grüße von www.mp-lafer-germany.de. .......Euer Ludwig

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Ludwig, eu é que agradeço pela gentileza em ceder as imagens para a composição deste artigo. Continue a frente da tarefa de editar o lindo site do MP Lafer na Alemanha, pois certamente grandes momentos de prazer e amizade esperam por você. Abraços!

      Excluir
    2. Eine grosse überraschung für mich erfahren dass "unser" MP Lafer nach Deutschland exportiert wurde. Wünsche euch viel Spass und Freude mit diesen sympatischen Wagen!

      Excluir

O seu comentário construtivo será bem vindo. Não publicaremos ofensas pessoais ou dirigidas para qualquer entidade. EVITE ESCREVER SOMENTE COM MAIÚSCULAS. Não propague spam. Links e assuntos não relacionados ao tema da postagem serão recusados. Não use termos chulos ou linguagem pejorativa.