Guia de compra do MP Lafer

Nos últimos tempos, verificou-se um aumento significativo na procura do MP Lafer, e o perfil destes candidatos a felizes proprietários de um conversível também tem se diversificado, atingindo a uma camada mais jovem da população. Pessoas que nunca chegaram perto de um MP antes, como ocorre com os mais experientes. É para este público que preparamos este guia.

Quando alguém resolve adquirir um MP Lafer, talvez o raciocínio mais imediato que se tem é procurar por um modelo nos classificados dos jornais. Mas aí vem a surpresa, pois praticamente não há mais vestígios de ofertas para este tipo de automóvel, entre milhares de opções de vão de carros populares até veículos importados. O segundo passo é pesquisar na Internet, mas neste caso, muitas pessoas ainda não estão familiarizadas com sistemas de buscas por palavras.

Onde procurar?

A Internet é um bom caminho para encontrar um MP, mas deve-se consultar as páginas certas, pois é notório que o anonimato gerado pela rede mundial de computadores é propício para a ação de pessoas desqualificadas. Existem sites dedicados a carros antigos com seções gratuitas de classificados, mas os próprios editores destas páginas alertam que não se responsabilizam pela origem dos contatos. O mesmo vale para ofertas publicadas em revistas especializadas.

Já no site mplafer.com há um link exclusivo para compra e venda de MPs, onde se reserva uma porcentagem do negócio a ser realizado para quem administra a página. Este tipo de transação é semelhante ao que ocorre numa corretora de imóveis, e representa uma garantia tanto para compradores como vendedores. Em todos os casos recomenda-se nunca fechar um negócio antes de ver o carro pessoalmente – apenas imagens digitais não são suficientes.

Quem mora próximo dos grandes centros urbanos do país tem uma alternativa ainda mais viável que é freqüentar os encontros de autos antigos, de preferência os mais regulares. Nestas ocasiões, é comum avistar algumas ofertas de MPs em bom estado. Em São Paulo, por exemplo, que ainda concentra a maior frota de MPs rodando, existe o encontro semanal do Sambódromo, nas noites de terça-feira. Procure se informar de encontros deste tipo próximo a sua cidade.

Assessoria pessoal

A situação ideal para avaliar um MP à venda é ter a companhia da alguém que já conheça o modelo - melhor ainda se for um proprietário - pois esta pessoa lhe auxiliará em muito na observação dos mais diversos detalhes. Se você não conhece ninguém nestas condições, está na hora de deixar a timidez de lado e se apresentar a um clube. Ainda citando o caso do Sambódromo, é comum se deparar lá com pelo menos cinco ou seis membros do Clube MP Lafer Brasil.

Quem faz parte de um clube de proprietários de autos antigos, geralmente carrega consigo um adjetivo impar: o de ser atencioso. Não se espante se, ao conversar com este pessoal por meia hora, você receber tanta informação a respeito do carro, que terá a sensação de já ser um especialista no modelo. Mesmo que em sua região não tenha um clube dedicado ao MP, procure por uma agremiação que congregue outras marcas, sempre haverá alguém para lhe ajudar.

Originais versus cópias

Uma vantagem em ter um amigo por perto, é que esta pessoa saberá diferenciar com clareza um MP original de uma cópia. Não que sejamos contra a aquisição de cópias, mas em certas oportunidades, uma cópia é vendida como sendo um autêntico MP Lafer, causando desapontamentos futuros quando o comprador descobre que não realizou seu sonho, de fato. Lembre-se de que uma cópia, quando comprada de forma consciente, também pode oferecer prazer ao dirigir.

Se você estiver sozinho para avaliar uma oferta e desconfiar da originalidade do veículo, peça para ver o documento, pois o MP original tem numeração própria do chassi, ao contrário das cópias em que esta numeração deriva de Fuscas ou Brasílias, dos quais se retira a base para a montagem do carro. A propósito, não existem kits de montagem do MP Lafer, pois todos eles saíram “prontinhos” da fábrica, que ficava em São Bernardo do Campo. Se for kit, é cópia.

Exemplo hipotético de numeração de um autêntico MP Lafer:

MP 10A 4567

Visualmente existem aspectos fáceis de verificar, entre eles: o capô frontal do MP original é levemente arqueado, acompanhando o formato do pára-brisa, já as cópias geralmente têm o capô mais retilíneo, ficando uma fresta considerável com o pára-brisa; note também a distância entre o pára-lama dianteiro com o pneu, que no MP é reduzida e nas cópias é acentuada; por fim confira as janelas laterais, que são de vidro no MP e de plástico nas cópias.

Itens importantes

Já se sabe se o MP em vista é original ou não. Sendo original, o que se deve avaliar? Seu estado geral – obviamente - pois isto influencia muito nos valores a serem discutidos. Talvez o que menos importe é a condição do motor, uma vez que sendo um Volkswagen não haverá dificuldades em deixá-lo em ordem num curto espaço de tempo. O mesmo vale para o câmbio, suspensão e demais componentes derivados da plataforma do Volkswagen Sedan.

A carroceria do MP é feita de fibra de vidro, com excelente espessura e durabilidade, mesmo assim deve se verificar a existência de fissuras e as suas profundidades, principalmente no encontro de grandes superfícies, como entre os pára-lamas e o bico frontal, assim como nas partes que envolvem o motor. Seja criterioso nos encaixes das portas, pois elas podem precisar de regulagens. A pintura deve estar direta sobre a fibra, livre de camadas antigas em outros tons.

Em vários estados do Brasil, existem técnicos em fibra de vidro com referências que o habilitam a trabalhar com o MP, por isso o que mais conta na hora de avaliar um modelo é o seu acabamento, assim como seus acessórios, pois são peças e serviços mais difíceis de encontrar fora do eixo Rio - São Paulo. Veja se a capota não está ressecada, se o painel de madeira não está se decompondo, se os relógios deste estão funcionando.

Ao contrário do que muita gente pensa, os pára-choques do MP não são iguais aos do Fusca dos anos 60. Eles são menos arqueados e as bonecas centrais (travas verticais) são mais baixas. Alguns MPs reformados têm este componente trocado. Outro item comumente alterado são os faróis auxiliares na base da grade estilizada do radiador. Por fim, vale uma olhada nas maçanetas e nas condições da tapeçaria, que deve ser ao menos de couro sintético, nunca de pano.

Valores

Definir com exatidão o valor de um MP Lafer é uma tarefa espinhosa, pois não existe uma tabela de valores para este modelo. Até bem pouco tempo atrás um MP em bom estado tinha seu valor comparado ao de um carro zero popular, de 1000cc. Mas, mesmo sem a existência de tabelas e comparativos fixos, os valores de um MP seguem a mesma regra de mercado que valem para tudo, ou seja, se a procura for maior que a oferta, a tendência será a de elevação dos preços.

Infelizmente, para os compradores, é o que está ocorrendo. Quem já acessou a seção “Perguntas e Respostas” deste site, já tem uma base para os valores do MP Lafer. Relembremos:

De acordo com a Revista Oficina Mecânica (número 195, dezembro de 2002) o preço médio de um MP Lafer é de R$ 14 mil. Segundo Antonio Ferreira da Cruz, restaurador, “um MP bem conservado pode chegar a R$ 22 mil” (entenda-se por bem conservado como digno de ser exposto em um museu). Em contrapartida, um MP apenas em condições de rodar pode ser comprado por R$ 5 mil. Neste caso, poderá ser necessário investir outros tantos para deixá-lo com o aspecto razoável.

O fato é que estes valores vem sofrendo acréscimos de até 30%. Neste caso, ninguém deve sucumbir a preços absurdos, mesmo que isto represente a realização de um sonho antigo. Deve-se ter em mente que, mesmo sendo difícil de encontrar um MP, este nunca será o “último do mundo”. Sempre pode haver uma proposta melhor mais adiante. Por outro lado, ninguém é obrigado, depois de anos de cuidado com seu MP, se desfazer dele por qualquer oferta.

Investimento seguro

A compra de um MP, por si só, não representa o fim de uma longa procura. Um carro como este deve ser mantido em boas condições, para não ter seu valor depreciado. Após adquirir um MP, filie-se a um clube próximo de sua casa. Não deixe de fazer contatos com outros proprietários e certifique-se da confiabilidade da oficina que fará sua manutenção. Trata-se um veículo para toda vida, que vale cada centavo empenhado. Mas isto é assunto para outras oportunidades!

Por Jean Tosetto
Primeira publicação no site mplafer.net: novembro de 2004

Informações complementares enviadas em fevereiro de 2005 pelo Clube MP Lafer Brasil:

MP LAFER: CUIDADOS AO ADQUIRI-LO

O MP Lafer foi apresentado oficialmente no Salão do Automóvel de 1972, tendo sua fabricação em série iniciada em 1974 e encerrada em 1988, porém, a comercialização das últimas unidades se estendeu até 1990.

O MP foi projetado, desenvolvido e testado exaustivamente por Engenheiros e Projetistas durante 3 anos antes de sair definitivamente em série no ano de 1974, período necessário para acerto do carro. A Lafer procurou dotar o MP de um ótimo nível de acabamento, utilizando bons materiais e muitos cromados, embutindo dobradiças, montando tudo sobre um chassi novo do Sedan VW recebido diretamente da Volkswagen, no qual se fez todas as adaptações necessárias para receber a carroceria e proporcionar conforto e boa posição de dirigir. Foi tanto o sucesso do MP que ele teve mais de 1500 unidades exportadas para todos os Continentes.

Todavia, depois de encerrada a sua fabricação, algumas oficinas, muito precariamente, começaram a montar cópias dele.

Sem projetos e cálculos necessários, estas cópias apresentam um nível de qualidade muito baixo, a começar pela carroceria que é construída em fibra de vidro fina e com acabamento muito ruim apresentando muita ondulação em sua superfície. As portas, vidros e borrachas não se encaixam perfeitamente como no MP, o que não permite uma vedação suficiente para conter a infiltração de água. O acabamento em geral é muito espartano e apresenta inúmeros inconvenientes, como por exemplo, uma posição de dirigir muito desconfortável. O chassi é reaproveitado de fusca sinistrado ou desmanchado, sendo que as alterações efetuadas no mesmo para receber a carroceria, são muito mal feitas. As rodas não têm padrão, sendo que cada veículo tem um modelo diferente do outro. Algumas cópias possuem peças originais do MP, tais como: grade, faróis, pára-choque, pára-brisa, rodas, etc, dando a impressão de se tratar do carro original. Seu valor de mercado é bem mais baixo e é difícil vendê-lo se o comprador souber diferenciá-lo do original.

É evidente, portanto, a superioridade do MP Lafer, sendo que a aquisição de cópias deve ser rigorosamente evitada, e recomendamos que na hora da compra sejam observadas as seguintes principais características do MP:

1. O Certificado de Propriedade, no espaço destinado à Marca / Modelo, deve constar: “VW/MP Lafer”

2. Até 1986, o nº do chassi tem a seguinte estrutura:

“MP + 2 algarismos + 1 letra + 4 algarismos”

3. A partir de 1987 a numeração do chassi começa com a numeração da Volkswagen seguido do número da Lafer.

4. As dobradiças do capô dianteiro e tampa traseira são embutidas.

5. A carroceria possui uma entrada de ar falsa, em baixo relevo, situada embaixo dos pára-lamas dianteiros.

6. A tampa traseira tem entrada de ar para refrigeração do motor.

7. As rodas, da marca Scorro, foram desenhadas e fabricadas exclusivamente para o MP e possuem emblema no cubo central.

8. O modelo dos bancos é exclusivo do MP, sendo mais estreitos para se adequar à largura do carro e até 1978 têm encostos fixos, passando a ser reclináveis a partir de 1979.

Mesmo em se tratando de MP Lafer, deve-se evitar a compra de veículo muito alterado em sua originalidade, como a troca de rodas, troca de bancos, troca de volante e, principalmente, se tiver modificações na carroceria.

O ideal seria que, na hora da compra, fosse solicitada ajuda de quem já teve um MP Lafer ou até mesmo levá-lo até uma oficina especializada, como por exemplo: a Tony-Car de São Bernardo do Campo.

Walter Barboza de Arruda
Presidente do Clube MP Lafer Brasil
São Bernardo do Campo - SP



Veja também:

Numerações do MP Lafer: chassi e motor

42 comentários:

  1. onde compro um kit de fibra para montar um?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não existe kit de fibra do MP Lafer, somente réplicas são vendidas deste modo.

      Excluir
    2. Quero comprar um MP Lafer .

      Excluir
    3. tem na tower fiber f 41-41064863

      Excluir
  2. Preciso de 4 rodas originais. Onde acho isso?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Visite: http://www.rmrodas.com.br/

      Excluir
    2. tenho as 4 rodas originais http://colombo.olx.com.br/rodas-mp-lafer-raridade-iid-654121255

      Excluir
  3. Caro Jean, aonde posso encontrar o kit borracha para o MP Lafer/85?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, navegue nos artigos deste link:
      http://www.mplafer.net/p/pecas.html

      Excluir
  4. tenho uma moto BMW R 1150 GS 2001 em perfeitas condições e gostaria de trocar em um MP !!!!!!!!!!! contato (13) 981144918

    ResponderExcluir
  5. teno uma moto BMW R 1150 GS 2001 ; perfeita sem detalhes gostaria de trocar em um MP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sergio, faz bem em trocar uma BMW por um MP! Porém, neste site não trabalhamos com classificados: recomendamos a visita ao portal www.maxicar.com.br

      Excluir
  6. Anônimo3/2/15 16:32

    lafer, lindo carro.

    ResponderExcluir
  7. Ola, alguem aqui que seja de Salvador no clube? Preciso de informacoes sobre um dos primeiros proprietaries de MP Lafer em Salvador (anos 1977/78 mais ou menos). Grata.

    ResponderExcluir
  8. O clube não tem como indicar alguns MPs a venda com procedência?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Antonio, tanto o Clube do MP Lafer quanto o site mplafer.net não possuem fins lucrativos. Ambos oferecem ajuda em forma de cortesia, quando solicitados, sem compromissos e responsabilidades.

      Excluir
  9. Qual o link para Compra e venda de Lafe? Não achei no site. Alguem pode mandar o Classificados de Lafers em meu email pessoal? desde já agradeço ( adriano.streicher@terra.com.br )

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por favor, leia novamente o artigo e constate que este site não possui seção de classificados.

      Excluir
  10. Ola, tudo bem? Tenho um MP Lafer 89 original, estou precisando das borrachas dos vidros. Aonde compro ?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, visite os artigos do link a seguir:
      http://www.mplafer.net/p/pecas.html

      Excluir
  11. Jean,

    tudo bem? De tanto procurar por um MP para restauro encontrei um "monstrengo" que gostaria de sua opnião à respeito. O atual dono dele encontro o carro em um sítio e, devido a seu estado deplorável de conservação, o chassi original estava todo podre, sem numeração e sem recuperação. O que foi feito? Encontraram um chassi de fusca 57 e montaram o MP nele. No documento hoje consta Fusca (ou algo do gênero). Pergunta: existe salvação para esse MP? Obrigado.

    ResponderExcluir
  12. Caro Maurilio, sem ao menos ver fotografias do carro fica difícil emitir qualquer opinião. Em todo caso, não se trata mais de um autêntico MP Lafer e seu uso nas vias deve ser autorizado mediante laudo emitido por um engenheiro mecânico credenciado nos órgãos reguladores do trânsito, tal qual um protótipo.

    ResponderExcluir
  13. Bom dia,
    estou com um MP 1977 segundo dono todo original para vender. carro na cor bege.
    Quem tiver interesse, favor entrar em contato no fabramatos@gmail.com
    obrigado

    ResponderExcluir
  14. gostaria de comprar um Mp Lafer para restaurar . fone (85) 996139196 ou
    ivorangels@hotmail.com

    ResponderExcluir
  15. Estou a procura das maçanetas para um MP TI 1986 onde posso encontrar.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já tentou navegar por este link?
      http://www.mplafer.net/p/pecas.html

      Excluir
    2. Anônimo7/4/17 12:29

      gracias eu fico em santa cruz bolivia y estou restaurando um

      Excluir
    3. Olá! Envie fotos de seu MP Lafer para publicarmos na seção Galeria: mplafer@tosetto.net - grato!

      Excluir
  16. Gostaria de Saber se uma carroceria ORIGINAL do Mp Lafer 1974, server em um chassi de fusca?.... ou se tem que fazer alguma adaptação no chassi "cortar"??? estou a adquirir uma carroceria original mas sem chassi e gostaria de montar. mesmo que seja necessário fazer a modificação no documento. (protótipo)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Você terá que fazer algumas adaptações, sim, como recuar a alavanca de câmbio e verticalizar o freio de mão. Tome cuidado com uso de um chassi de Fusca pois, pelo que me consta, ele não é mais aceito na homologação de protótipos por parte dos organismos oficiais. Verifique a questão com um engenheiro mecânico habilitado.

      Excluir
  17. Jean, onde encontro às barras que posiciono próximo à porta para proteger a fibra quando saio do carro? Desde já agradeço sua ajuda.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Toninho, pesquise neste link:
      http://www.mplafer.net/p/pecas.html
      Grato!

      Excluir
  18. gostaria de compra kit da reprica do mp lafer onde acho

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. No Posto Ipiranga!

      Excluir
  19. DEVERIA TER UM SITE QUE INDIQUE LOJAS QUE TENHA PARCERIA COM VOÇÊS COM DESCONTO EM PEÇAS PARA MP LAFER,QUERO RESTAURAR O MEU ESTOU COM DIFICULDADES.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Compreenda que este site não tem fins comerciais relacionados com peças e serviços de MP Lafer. Não temos condições de monitorar a qualidade e os preços de várias empresas, pois isso implicaria em tempo hábil que não dispomos.

      Excluir
  20. Estou restaurando um MP Lafer ano 79 marrom,preciso indicações de peças que não tenha preços abusivos.moro em Belém do Pará meu contato é zecarmil@hotmail.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O que você entende por preços abusivos? Restaurar um carro antigo não é como fazer revisão num seminovo. Os profissionais listados neste site são historicamente especialistas em peças de MP Lafer, fora eles aguardamos os relatos de colaboradores.

      Excluir
  21. Prezado Jean,
    Afinal de que material foram feitas as rodas originais do MP? Uns dizem que é de aluminio e outro magnésio, qual é o correto?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende do ano de fabricação. As rodas do MP Lafer não podiam ser exportadas com o carro para a Europa justamente por causa das restrições ao uso de magnésio na liga das rodas, no final da década de 1970. Nos anos de 1980 o modelo foi trocado.

      Excluir
  22. Boa noite,

    Por favor, onde encontro o vidro traseiro esquerdo do MP Lafer 83

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, já pesquisou neste link?

      http://www.mplafer.net/p/pecas.html

      Excluir

O seu comentário construtivo será bem vindo. Não publicaremos ofensas pessoais ou dirigidas para qualquer entidade. EVITE ESCREVER SOMENTE COM MAIÚSCULAS. Não propague spam. Links e assuntos não relacionados ao tema da postagem serão recusados. Não use termos chulos ou linguagem pejorativa.