Amigos do MP Lafer visitam Holambra

Cobertura do evento patrocinada pela Hot Kids, com destaque para o livro do MP Lafer ao final da reportagem.

A relação entre o tempo e o espaço é um relógio de múltiplas e complexas engrenagens, cujo alinhamento dos ponteiros permite a ocorrência de datas marcantes, quando a distância e a saudade são ignoradas.
- Por Jean Tosetto

Holambra é uma próspera cidade do interior de São Paulo, próxima à Campinas, com fácil acesso por rodovias duplicadas. O município é famoso nacionalmente pela Expflora, uma feira anual de flores e jardinagem que reflete a cultura dos holandeses, responsáveis pela colonização da região após o fim da Segunda Guerra Mundial. Os traços da influência dos países baixos também podem ser vistos nas fachadas dos prédios comerciais e das lindas residências livres de muros, cercadas por jardins muito bem cuidados.

Valendo-se dos atrativos turísticos e da excelente estrutura para promoção de grandes eventos, a APVA - Associação de Proprietários de Veículos Antigos de Holambra, resolveu retomar o projeto de realizar um encontro de autos clássicos e especiais, após alguns anos de intervalo. Seguindo os moldes do que ocorre em Águas de Lindóia, o evento de Holambra foi promovido num fim de semana prolongado por um feriado.

A data escolhida para a quarta edição deste encontro foi 15 de novembro de 2013, Dia da Proclamação da República, uma sexta-feira, com extensão para os dias 16 e 17. Como a divulgação ocorreu com mais de um mês de antecedência, os Amigos do MP Lafer do Rio de Janeiro cogitaram empreender uma longa viagem para prestigiar o evento, percorrendo mais de 1.200 quilômetros entre ida e volta. Um amigo foi incentivando o outro e quatro MPs mais três carros convencionais partiram para Holambra no dia 15.

Dos cinco MPs alinhados em Holambra, no interior de São Paulo, quatro eram do Rio de Janeiro, graças aos Amigos do MP Lafer.
Dos cinco MPs alinhados em Holambra, no interior de São Paulo, quatro eram do Rio de Janeiro, graças aos Amigos do MP Lafer.

Doze cariocas e um paulista de vermelho: além dos quatro MPs que percorreram mais de 600 quilômetros para participar do evento, três carros convencionais acompanharam a comitiva.
Doze cariocas e um paulista de vermelho: além dos quatro MPs que percorreram mais de 600 quilômetros para participar do evento, três carros convencionais acompanharam a comitiva.

Os MPs do Rio de Janeiro foram muito bem recebidos pela organização do evento, que lhes reservou um espaço de destaque no principal galpão da mostra. A grande turma ficou hospedada numa pousada perto do centro da cidade e pode conhecer os atrativos do entorno, incluindo a culinária de paladar exótico e as diversas lojas de artesanato local.

No sábado, mais de cinco mil pessoas ingressaram nos pavilhões do encontro de carros antigos, segundo a contagem oficial dos promotores do evento. Mais de 230 carros de diversas marcas e épocas se espalharam pelo complexo da Expoflora, que recebeu também apresentações da fanfarra local e de bandas de rock, praça de alimentação e feira de peças e acessórios. Os mais animados podiam entrar na fila para um passeio de helicóptero pela cidade.

Em linhas gerais o evento foi muito bom e agradável, por ser a retomada de um encontro que tem muito potencial para se firmar no calendário anual do antigomobilismo. Logicamente alguns ajustes precisam ser feitos e somente a sequencia deste trabalho trará o reconhecimento que Holambra merece. Há espaço para abrigar três vezes mais carros na Expoflora, com a vantagem de ser um local coberto e livre das variações climáticas que podem arruinar uma iniciativa ao ar livre.

O MP Lafer 1978 com capota rígida pertence ao casal Mônica e José Manuel de Paiva, de Niterói, ex-capital da Guanabara.
O MP Lafer 1978 com capota rígida pertence ao casal Mônica e José Manuel de Paiva, de Niterói, ex-capital da Guanabara.

Diplomacia: cada conversível vindo do Rio, como este MP 1978 de Francisco Paz - à direita - carregou as bandeiras de Rio de Janeiro e São Paulo junto dos retrovisores.
Diplomacia: cada conversível vindo do Rio, como este MP 1978 de Francisco Paz - à direita - carregou as bandeiras de Rio de Janeiro e São Paulo junto dos retrovisores. 

O parabrisa do único MP Lafer de São Paulo virou expositor do livro do MP Lafer e da Revista MotorMachine.
O parabrisa do único MP Lafer de São Paulo virou expositor do livro do MP Lafer e da Revista MotorMachine.

Estive presente no 4º Encontro de Veículos Antigos de Holambra para promover o livro "MP Lafer: a recriação de um ícone" e a Revista MotorMachine, que conta com a nossa colaboração desde a primeira edição. É sempre muito gratificante conversar com as pessoas que já leram o livro e outras que se impressionam ao saber que um carro fora-de-série brasileiro ganhou uma história dedicada a ele.

Mas o sábado passado em Holambra foi mais do que especial: recebi de presente, dos Amigos do MP Lafer do Rio de Janeiro, uma linda camisa polo bordada com o escudo - ou seria logomarca? - deste grupo tão querido. Fiquei sem palavras, no entanto, ao receber uma placa de menção honrosa em função do empenho pela divulgação do antigomobilismo, na forma de um livro que só me deu alegrias, desde que a primeira página foi escrita.

Saber que esse prêmio percorreu mais de 600 quilômetros para chegar em minhas mãos me enche de orgulho e satisfação - não preciso esconder isso. Sinto que aumentou a responsabilidade sobre tudo o que será escrito de agora em diante. O agradecimento aos Amigos do MP Lafer não pode ser expresso em sua plenitude, mesmo que eu me torne um carioca de coração, como já sou.

O Frazão restaurou o MP Lafer na sua própria garagem, em Niterói. A placa preta atesta a qualidade do serviço.
O Frazão restaurou o MP Lafer na sua própria garagem, em Niterói. A placa preta atesta a qualidade do serviço.

O MP Lafer do José Carlos já levou o Tony Tornado pela BR-3, em novela da Rede Globo, e chamou muita atenção em Holambra.
O MP Lafer do José Carlos já levou o Tony Tornado pela BR-3, em novela da Rede Globo, e chamou muita atenção em Holambra.

Todos vestindo a bela camisa dos Amigos do MP Lafer do Rio de Janeiro: José Carlos, Francisco Paz, Jean Tosetto, José Paiva, Glauco Cabral, Roberto Frazão e Rubem Restel.
Todos vestindo a bela camisa dos Amigos do MP Lafer do Rio de Janeiro: José Carlos, Francisco Paz, Jean Tosetto, José Paiva, Glauco Cabral, Roberto Frazão e Rubem Restel.

A tocante homenagem dos Amigos do MP Lafer ao Jean Tosetto, autor do livro "MP Lafer: a recriação de um ícone".
A tocante homenagem dos Amigos do MP Lafer ao Jean Tosetto, autor do livro "MP Lafer: a recriação de um ícone".

O retorno para o Rio de Janeiro, no dia 17 de novembro, foi debaixo de muita chuva, conforme relato dos próprios Amigos do MP Lafer em sua fanpage: "A volta para o Rio teve como companheira de viagem a chuva intensa, que por cerca de 500 quilômetros caiu sem parar. Nem de longe foi problema para nossos guerreiros carrinhos. Afinal eles são 'de fibra'. Nos remeteu a todos à época de infância quando o gostoso era brincar na chuva."

De acordo com Francisco Paz, um dos maiores incentivadores desta marcante jornada, "foi uma viagem maravilhosa. Quando decidimos fazer a viagem havia um certo receio devido à distância. Mas o MP é surpreendente. Imagina um motor de limpador de parabrisa de mais de 30 anos funcionando durante 10 horas sem parar. A viagem nem de longe foi cansativa. Estivemos o tempo todo em contato pelo rádio e aproveitamos para descontrair, encarnado um no outro."

E assim, os Amigos do MP Lafer vão levando carisma e alto astral aos lugares que visitam, provando a cada passeio a resistência e a confiabilidade do MP Lafer, um conversível que parece combinar com esse espírito de aventura e liberdade que toma conta dos entusiastas que, mais do que serem apaixonados por um carro, são apaixonados pela vida.

2 comentários:

  1. Jean.
    Agradecemos imensamente pelo relato desta viagem e pela atenção que você nos dedicou durante o Encontro em Holambra.
    Foi um passeio maravilhoso. Tudo saiu conforme planejamos. Nunca é demais agradecer aos organizadores pela atenção. Holambra sabe receber seus visitantes. Todos voltamos encantados e com certeza no ano que vem estaremos presentes em maior número.
    Além disso, já estamos nos preparando para comparecer ao Encontro do Clube do MP Lafer de São Paulo. Nos veremos por lá.
    Um grande abraço aos Amigos de São Paulo e a você e família, sorte sempre.

    Amigos do MP Lafer

    ResponderExcluir
  2. Gilberto Martines25/11/13 20:39

    Jean, acabei de ler o seu relato sobre o encontro de Holambra, ficou muito legal e a reportagem da TV também ficou ótima. Infelizmente acabei esquecendo desse encontro, tive a oportunidade de participar do ultimo que foi realizado e gostei muito da cidade e do espaço onde ocorre o evento. Aproveito para parabenizar os Laferistas do Rio de Janeiro pelo empenho em participarem desse evento, um abraço a todos Gilberto Martines.

    ResponderExcluir

O seu comentário construtivo será bem vindo. Não publicaremos ofensas pessoais ou dirigidas para qualquer entidade. EVITE ESCREVER SOMENTE COM MAIÚSCULAS. Não propague spam. Links e assuntos não relacionados ao tema da postagem serão recusados. Não use termos chulos ou linguagem pejorativa.