Um MP Lafer de papel triplex

Miniatura de MP Lafer em papel triplex.
Miniatura de MP Lafer em papel triplex.

O Jefferson Trevizan desenvolveu uma miniatura de MP Lafer e escreveu para o jornalista Flavio Gomes em 10 de julho de 2015:

"Essa é uma maquete artística de um MP Lafer, totalmente feita em papel triplex, acetato e plástico. 
Depois de um imenso trabalho para desenvolver do zero, o resultado ficou muito gratificante.
Se quiser publicar no blog eu ficarei grato."

O Flavio Gomes recebeu as imagens e repassou para o site mplafer.net - que lhe agradece a generosidade.

As janelas foram reproduzidas com acetato.
As janelas foram reproduzidas com acetato.

Estribos, para-choques e faróis: nada foi esquecido.
Estribos, para-choques e faróis: nada foi esquecido.

Volante, painel e alavanca de marchas: tudo no lugar certo.
Volante, painel e alavanca de marchas: tudo no lugar certo.

Veja também:

Galeria 2013: Volpato
Miniatura artesanal do MP Lafer
Miniatura personalizada do MP Lafer

Agenda: julho e agosto de 2015

Antonina 2015: clique na imagem para ampliar.
Antonina 2015: clique na imagem para ampliar.
Caros amigos do mplafer.net,

Não temos condições de publicar todos os convites para encontros de carros antigos no Brasil. Eles ocorrem em várias cidades semanalmente e, para atender todos os pedidos, teríamos que dedicar um tempo que não temos para atualizar o site.

Por isso, damos ênfase aos eventos que tenham relação direta com o MP Lafer e seus clubes. O encontro de Antonina, por exemplo, é promovido pelo MP Lafer Auto Clube do Paraná e recebemos o convite pela generosidade de Henrique Withers.

Já o encontro paulista em destaque é organizado pelo Clube de Autos Antigos de Santos, presidido pelo João Antonio Rechtenwald, que possui um lindo MP Lafer cor de vinho - o único exposto oficialmente em Águas de Lindóia neste ano.

Abraços,
Jean Tosetto

Santos 2015: clique na imagem para ampliar.
Santos 2015: clique na imagem para ampliar.

Confiram a chamada feita do Clube MP Lafer Brasil:

"Bom dia  Laferista,

É sempre bom quando surge uma oportunidade para nos encontrarmos e colocar nossos carros nas ruas.

O Encontro de Carros Antigos de Santos é um evento diferenciado e um dos mais aguardados pelos antigomobilistas em razão do alto nível de qualidade dos veículos expostos e da organização do evento.

O local é muito agradável, todo coberto e conta com segurança 24 horas.

Todo ano, a presença do nosso Clube é marcante, e este ano, gostaríamos de contar com um número significativo de MP Lafer, que ficarão todos juntos, em destaque no salão de exposição.

Data: 22 e 23 de agosto de 2015
Local: Mendes Convention Center – Santos
Avenida Francisco Glicério, 206 - ao lado do Hipermercado Extra da Avenida Ana Costa

Site para inscrição: www.caas.org.br

Vamos lá gente!

(não esqueça a camiseta do Clube)

Walter Barboza Arruda
Presidente
11-91722.6260"

Santana de Parnaíba 2015

A turma do Clube MP Lafer Brasil reunida em Santa de Parnaíba.
A turma do Clube MP Lafer Brasil reunida em Santa de Parnaíba.

A cidade na Grande São Paulo há mais de uma década tem em seu calendário um encontro de carros antigos no centro histórico.

Por Gilberto Martines

Estou enviando algumas fotos do 14º encontro anual de antigomobilismo de Santana de Parnaíba, que aconteceu neste domingo - 28 de junho de 2015 - no centro histórico da cidade. Este tradicional evento é organizado pela Prefeitura Municipal com o apoio da Federação Paulista de Veículos Antigos e Pick-Ups Club.

O domingo amanheceu com uma temperatura agradável, sem chuva, e isso contribuiu para termos um número muito grande de visitantes, que puderam desfrutar de um pequeno mercado de peças, praça de alimentação, feira de artesanato e um palco para shows.

O Clube do MP Lafer Brasil sempre marca sua presença com vários carros. Neste ano comparecemos com 12 exemplares estacionados em 45° em uma rua estreita paralela à praça central. Neste ano não fomos contemplados com um espaço só para os MPs, ficamos estacionados no setor azul e dividimos esse local com o Clube da Puma e Bianco.

Tarpan, Bianco e MP Lafer dividem espaço nas ruas estreitas da cidade.
Tarpan, Bianco e MP Lafer dividem espaço nas ruas estreitas da cidade.

Outra novidade que rolou foi a presença de um grande número de Food Trucks, estacionados atrás da igreja ao redor de uma grande barraca, a qual  tinha a função de oferecer sombra sobre varias mesas, permitindo que as pessoas desfrutassem com maior conforto dessa mais nova forma de se alimentar.

O nosso grupo optou por almoçar no restaurante São Paulo Antigo. Reservamos duas mesas, sendo que em uma delas ficaram os homens e na outra nossas mulheres. Outra novidade: a Prefeitura não patrocinou o almoço para os expositores, mesmo assim desfrutamos de uma ótima refeição, cercados de vários amigos.

Hoje, em nosso grupo, contamos com a presença de um novo laferista: o Decio e sua esposa participaram pela primeira vez de um encontro de carros antigos como expositores. Eles vieram  com o seu MP Lafer vermelho ano 1982, adquirido nesta semana.

O MP Lafer vermelho do Décio em segundo plano.
O MP Lafer vermelho do Décio em segundo plano.

Após o almoço fomos sentar um pouquinho na praça, na sombra das arvores onde conversamos um pouco, demos muitas risadas e fizemos algumas fotos. Por volta das 14:30 horas começamos a nos despedir para retornarmos à São Paulo.

Quero parabenizar os organizadores e deixar um abraço a todos os amigos laferistas, e convidá-los para participarem de mais dos eventos como:

- Toda terça-feira de noite noite no Sambódromo do Anhembi.
-1° domingo do mês Estação da Luz.
-2° domingo do mês em São Bernardo do Campo.
-3° domingo do mês no Parque da Mooca.

Veja também:

Galeria 2015: Venter

Yjal Venter encontrou um MP Lafer abandonado na África do Sul e tratou de recuperá-lo com as próprias mãos. Falta pouco para ele dirigir o conversível.

Yjal Venter encontrou um MP Lafer abandonado na África do Sul e tratou de recuperá-lo com as próprias mãos. Falta pouco para ele dirigir o conversível.

UM MP LAFER RESGATADO NA ÁFRICA DO SUL

Mensagem recebida em 23 de junho de 2015, devidamente corrigida para publicação:

"Boa noite Jean,

Meu nome é Yjal, eu vivo na África do Sul. E como você pode ver, não falo português. Então usei o tradutor do Google, esperando que funcione.

Bem, tenho algo para lhe dizer. Há um ano encontrei um carro, praticamente abandonado e, embora íntegro, não estava em boa forma por inteiro. O carro ficou exporto ao sol por doze anos e ninguém prestou atenção nele.

Aparentemente, o proprietário vendeu a um homem do Congo, que trabalhou na ONU, mas ele nunca recolheu o carro ou os documentos de registro. Ele apenas pagou e desapareceu, ninguém nunca mais ouviu falar dele.

Então, quando eu o encontrei, lancei um olhar em torno ele e quase o deixei lá. O carro estava tão mal, mas o aceitei, mesmo assim: ele estava em pedaços.

Quando cheguei em casa, pesquisei no Google. Era um MP Lafer, um modelo que nunca ouvi falar. Então li a história, olhei novamente para o carro, e decidi apenas começar a trabalhar nele. Aposte o quão difícil pode ter sido isso. Meu chapa, pode ter certeza de foram tempos complicados!

Como não tinha muito dinheiro disponível, tive que fazer tudo à mão, do jeito mais barato possível. Por exemplo? Fazendo o polimento das rodas com um pano, creme dental e areia.

Tenho o carro quase concluído agora. Ele precisa de mais algumas coisas e eu gostaria de religar o motor de 1.600 cm³, com carburação dupla e quatro marchas.

Mais tarde, quando tiver mais dinheiro para gastar com ele, quero saber se nós podemos falar um pouco sobre isso. Eu preciso de alguns conselhos, muitos conselhos na verdade.

Acabei de ver sua linda página mplafer.net - embora não tenha compreendido tudo. Em tempo: acredito que eu seja o único proprietário de MP Lafer na África do Sul, então não posso esperar para dirigir ele!

Aqui está uma foto do meu Lafer, 90% terminado.

Obrigado,
Yjal Venter"

Em resposta ao nosso amigo laferista da África do Sul, atestamos que ele, com todas as dificuldades que enfrentou, fez um ótimo trabalho!

Logicamente estamos dispostos a auxiliar no que for possível, contando com a ajuda extra de fornecedores de peças e serviços dispostos a exportar algum item que seja necessário. 

É uma grande satisfação oferecer um canal de comunicação entre os entusiastas do MP Lafer, rompendo fronteiras e continentes.


Um MP Lafer de consulado?

Este MP Lafer diferenciado foi encontrado numa oficina de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.
Este MP Lafer diferenciado foi encontrado numa oficina de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.

Existem coisas que não estão ao alcance de um clique no Google. É preciso tirar uma capa protetora ou uma camada de poeira para encontrar certas relíquias - como o MP Lafer registrado nesta crônica.

Por Custodio Saraiva

Como todo antigomobilista, gosto de frequentar oficinas, principalmente aquelas bem antigas.

Quase sempre existirá, em algum canto das mesmas, um automóvel mais antigo ou raro coberto por uma lona, ou a descoberto, mas sempre ostentando uma camada de poeira que ditará o tempo em que o mesmo deixou de ser atração nas ruas para ser somente o portador de histórias muitas vezes comoventes ou até mesmo hilárias.

Desta vez foi diferente.

Encontrei, sob uma capa plástica, um reluzente exemplar da baratinha numa antiga e tradicional oficina de Porto Alegre. O proprietário da oficina, Senhor Francisco Geraldo Capra, gentilmente se ofereceu para mostrar o carro, ao mesmo tempo que falava sobre os melhoramentos que conferiu ao MP - os quais me surpreenderam.

Ele instalou uma direção hidráulica - trabalho que segundo o empresário levou bastante tempo até ser concluído. Chamam a atenção, também, os quebra-ventos fixos, os aros metálicos ao redor do velocímetro e do conta-giros, e outros pequenos detalhes criados pelo proprietário, inclusive as rodas, que conferem ao carro um visual muito interessante.

Aspecto do sistema de direção hidráulica adaptado no MP Lafer.
Aspecto do sistema de direção hidráulica adaptado no MP Lafer.

O quebra-vento foi afixado junto ao para-brisa, e os bancos receberam encosto alto para as cabeças.
O quebra-vento foi afixado junto ao para-brisa, e os bancos receberam encosto alto para as cabeças.

Vide aros metálicos contornando o velocímetro e conta-giros. Ao centro do painel com moldura de borracha, dois retrovisores internos.
Vide aros metálicos contornando o velocímetro e conta-giros. Ao centro do painel com moldura de borracha, dois retrovisores internos.

Este relato é apenas uma mostra de como o MP induz seu proprietário a desenvolver sua imaginação para deixar o carrinho cada vez com mais charme e com detalhes que fazem a diferença. Nunca haverá um exatamente igual ao outro!

Tudo isso faz com que as pessoas procurem se agrupar para troca de ideias e encontro de soluções - o que acho muito salutar.

Este MP Lafer conta com rodas personalizadas. O detalhe acima da placa: um suporte para bandeiras.
Este MP Lafer conta com rodas personalizadas. O detalhe acima da placa: um suporte para bandeiras.

Em tempo: a MP do Senhor Geraldo também possui um suporte traseiro para colocação de uma bandeira, que já fazia parte do carro antes da compra. Tal fato aguça a curiosidade sobre o uso da baratinha.

Lembro-me que há muitos anos existiu em Porto Alegre uma MP branca que pertencia a um consulado de um pais europeu. Seria esta?

Encomende seu exemplar do livro do MP Lafer

Veja também: