Exposição de carros antigos em Valinhos - 2018

Tudo bem, não é um anfiteatro greco-romano, mas este palco reuniu uma plateia de peso.
Tudo bem, não é um anfiteatro greco-romano, mas este palco reuniu uma plateia de peso.

A cidade de Valinhos, no Circuito das Frutas do Estado de São Paulo, abre o calendário de eventos do antigomobilismo no interior. Uma boa pedida para colocar as máquinas para funcionar na estrada.

Por Gilberto Martines

Nesta semana combinei com alguns amigos laferistas para participarmos do encontro de carros antigos que ocorreu hoje (21 de janeiro de 2018) em Valinhos, no interior de São Paulo.

Aqui na capital rolou mais dois eventos de antigomobilismo.

Um deles foi o 7° Encontro Anual de Veículos Antigos, que ocorreu no estacionamento da Assembleia Legislativa de São Paulo, em convite feito pela Associação dos Proprietários de Veículos Antigos de São Paulo.

O outro foi realizado pelos  apaixonados por Fuscas São Bernardo do Campo, na fábrica da Volkswagen.

Nós resolvemos participar do evento de Valinhos, pois ele é realizado junto com 69° Festa do Figo e  24°Expo Goiaba de Valinhos. O convite veio do Clube de Carros Antigos de Valinhos fundado em 1983.

Nosso grupo gosta de participar desse encontro, pois além dos carros antigos podemos aproveitar a festa das frutas. Nossas esposas também gostam de participar por causa das atrações para elas: barracas diversas, praça de alimentação, shows, e assim por diante.

O nosso grupo compareceu com dez MPs. Saímos de São Paulo ás 9:30 horas do posto BR do quilômetro 28 da Rodovia dos Bandeirantes. Chegamos uma hora depois, acomodamos os carros e fomos passear.

Foi entregue aos expositores uma plaquinha de participação no evento.  Almoçamos, fomos comprar algumas frutas e cada um retornou a hora que quis.

Segue algumas fotos do evento.

Oposto de combustíveis do quilômetro 28 da Rodovia dos Bandeirantes é bem conhecido daqueles que prestigiam os eventos do Clube MP Lafer Brasil.
Oposto de combustíveis do quilômetro 28 da Rodovia dos Bandeirantes é bem conhecido daqueles que prestigiam os eventos do Clube MP Lafer Brasil.

O dono do Puma GTB veio acompanhando os MPs dosando a pressão no pedal do acelerador.
O dono do Puma GTB veio acompanhando os MPs dosando a pressão no pedal do acelerador.

A cidade de Valinhos é rica em parques e áreas verdes.
A cidade de Valinhos é rica em parques e áreas verdes.

A festa do figo e da goiaba movimenta a economia da região nos meses de janeiro, quando milhares de pessoas visitam os pavilhões do evento.
A festa do figo e da goiaba movimenta a economia da região nos meses de janeiro, quando milhares de pessoas visitam os pavilhões do evento.

O figo é o carro chefe da festa de Valinhos, cujo Circuito das Frutas engloba Atibaia, Indaiatuba, Itatiba, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba e Vinhedo.
O figo é o carro chefe da festa de Valinhos, cujo Circuito das Frutas engloba Atibaia, Indaiatuba, Itatiba, Itupeva, Jarinu, Jundiaí, Louveira, Morungaba e Vinhedo.

Há pouco mais de duas décadas a goiaba vem ganhando destaque com seu aroma irresistível que desperta memórias afetivas.
Há pouco mais de duas décadas a goiaba vem ganhando destaque com seu aroma irresistível que desperta memórias afetivas.

O cultivo da uva está relacionado com a imigração italiana que aportou na região no final do século 19.
O cultivo da uva está relacionado com a imigração italiana que aportou na região no final do século 19.

Imagem para alegrar os olhos daquelas que dividem o coração dos marmanjos com seus carros antigos.
Imagem para alegrar os olhos daquelas que dividem o coração dos marmanjos com seus carros antigos.

O coloridos das frutas é refletido na carroceria dos veículos especiais.
O coloridos das frutas é refletido na carroceria dos veículos especiais.

Quem foi de carro antigo para a festa de Valinhos voltou para casa com uma lembrança em forma de troféu.
Quem foi de carro antigo para a festa de Valinhos voltou para casa com uma lembrança em forma de troféu.

Veja também:

A Alfa Romeo sulfurosa de Águas de São Pedro

A Praça de Águas de São Pedro fica ainda mais bela com a Alfa Romeo sulfurosa.
A Praça de Águas de São Pedro fica ainda mais bela com a Alfa Romeo sulfurosa.

Águas de São Pedro é famosa por suas águas medicinais e pelo alto índice de desenvolvimento humano no quadro nacional. É lá que mora uma Alfa Romeo “Giulia” GTV 2000 de 1974, tratada por seu dono como se fosse alguém de sua família.

Por Jean Tosetto *

Dizem que o que você faz de marcante no primeiro dia do ano dará a tônica para o restante deste período. Com isso em mente, pouco importando se é uma superstição ou um mote psicológico, demos partida no carro em direção a Águas de São Pedro, uma instância turística perto de Piracicaba, no interior de São Paulo.

Águas de São Pedro possui pouco mais de três mil habitantes e uma população turística flutuante exponencialmente superior nos fins de semana e feriados. Seu perímetro urbano se estende até as divisas do município – um dos menores do Brasil em extensão territorial. Apesar disso, é um dos melhores lugares para se viver neste país, onde até o transporte público é gratuito.

O que deu fama a Águas de São Pedro foram justamente suas fontes de águas minerais, que muitos garantem ter efeitos terapêuticos para problemas de pele, fígado, rins, estômago e o que mais as pessoas estiverem sentindo. Debaixo do sol escaldante do verão tropical, no entanto, nosso problema imediato era somente a sede, e para isso qualquer água potável basta.

Ingressamos curiosos pelo fontanário municipal para sentir o gosto daquelas águas sulfurosas. À nossa esquerda ficavam as torneiras com a maior fila. Nas torneiras centrais e nas torneiras da direita, sempre no perímetro de uma piscina de águas termais, não havia tanto movimento. O motivo saiu pela primeira torneira aberta: um cheiro que lembrava uma emissão gasosa fisiológica involuntária.

Só isso já desencoraja qualquer marujo para experimentar o sabor daquele líquido. Mas, carambolas, estávamos lá justamente para isso. Quer saber o gosto? Então imagine sorver um suco de ovo de codorna em conserva vencida, com a conserva inclusa.

Fomos para as torneiras centrais, quase inodoras, o que já era um alento. O sabor remetia a um coquetel de bacon com quiabo e água do mar – mexido, não sacudido. O jeito foi se encaminhar para a fila das torneiras da esquerda. Que nos perdoem quem mora em Águas de São Pedro: aquela última água era palatável, mas apenas confirmava a noção de que, se você deseja ter mais saúde, não vai se importar muito com o amargor do elixir.

A tônica do ano não poderia ser esta experiência. Que os goles de saúde façam o seu efeito, mas os sabores deveriam ser outros, nem que fosse o gosto engarrafado de água tônica. Um pote de sorvete de arroz doce, a poucas quadras dali, e uma água de coco gelada, caminhando pelas charmosas ruas da cidade, serviu como atenuante, bem como as sombras do frondoso bosque onde termina a avenida central.

Hora de ir embora: o pessoal da família já estava dando os primeiros sinais de cansaço após um dia de estrada e caminhadas. Vamos para o carro e eis que avistamos uma linda máquina estacionada atrás de nosso utilitário. Era uma Alfa Romeo GTV 2000, vermelha, sedutora e quarentona que ainda conservava o apelido de “Giulia”, fabricada em 1974 – ao menos era o que entregava suas placas.

A visão terapêutica da Alfa GTV estacionada atrás de nosso carro.
A visão terapêutica da Alfa GTV estacionada atrás de nosso carro.

Saquei a câmera fotográfica e logo comecei um ensaio, que seria apenas para consumo interno se não fosse pela presença de espírito de prestar atenção ao redor. Logo avistei um senhor de boné vermelho com o símbolo da Alfa Romeo. “Todo dono de Alfa Romeo é gente fina” - pensei. Ainda não conheço qualquer alfista antipático ou esnobe, por isso me apresentei formalmente.

Bingo! O alfista de Águas de São Pedro, em verdade um paulistano que possui casa na cidade, era a personificação do conceito de gente fina. Seu nome: Erasmo Fila. Ao seu lado estava o neto Guilherme, um garoto sortudo que passeia de Alfa 2000 ouvindo os conselhos do avô, que por sua vez tratou de me explicar cada pormenor de seu automóvel, tão breve consegui um tempo extra na estância, por parte de meus parentes sempre compreensíveis.

O inconfundível cuore formado pelo escudo da marca na calandra.
O inconfundível cuore formado pelo escudo da marca na calandra.

Ao contrário das águas sulforosas de outrora, a Alfa do Fila, de sulforosa, tem apenas a carroceria avermelhada, assinada pelo estúdio Bertone, além das propriedades terapêuticas – ao menos para alegrar a vista e o nosso âmago. Dirigi-la pelas estradas da região, entre São Pedro e Charqueada, deve ser ótimo para o sistema circulatório, pois só de passar a palma da mão pelo volante de madeira, com o carro parado, já senti o coração batendo mais forte.

Os instrumentos do painel são de fácil visualização. A pedaleira é ideal para fazer o punta-tacco.
Os instrumentos do painel são de fácil visualização. A pedaleira é ideal para fazer o punta-tacco.

Tratada a pão de ló e vinho chileno por seu dono, a Giulia de Águas de São Pedro guarda um excitante motor de 2.000 cm³ em seu cofre, com diversas peças forjadas em alumínio para aliviar o peso do conjunto. Seus dois carburadores Weber alimentam quatro cilindros em linha longitudinal, para deleite dos saudosos pela condução de um coupé esportivo de tração traseira.

O câmbio de cinco marchas só pode ser engatado em sua plenitude fora das ruas da cidade, pequena demais para conter a fera italiana com seus mais de 140 cavalos. O mesmo se aplica ao punta-tacco, manobra de redução de marcha que preserva o giro do motor, que os amantes da condução esportiva e clássica adoram praticar – a pedaleira da Alfa GTV parece ter sido projetada para tanto, basta notar o alinhamento do freio com o acelerador.

O cabeçote do motor em alumínio com quatro cilindros em linha da Giulia.
O cabeçote do motor em alumínio com quatro cilindros em linha da Giulia.

Os bancos de couro negro possuem ótima ergonomia e um interessante mecanismo de ajuste do encosto para a cabeça nos acentos da frente, revelando uma peça serrilhada de madeira, material orgânico presente também no painel agraciado com ar condicionado. Ali destoa apenas o rádio, que ao invés de tocar fitas cassetes, toca CDs.

Os bancos em couro contam com regulagem de altura no encosto da cabeça.
Os bancos em couro contam com regulagem de altura no encosto da cabeça.

A Alfa 1974 do Erasmo foi um ótimo investimento, segundo ele mesmo nos confidencia durante uma volta que demos pelo simpático centro comercial de Águas de São Pedro, com o jovem Guilherme, menino bem aventurado, sentado no banco traseiro. Ele pagou pelo carro, em 1996, pouco mais de quatro mil dólares. O modelo vale atualmente mais de seis vezes tal cifra. Não que o alfista deseje vender sua filha adotiva, pois o investimento foi pago várias vezes com o prazer de guiar uma síntese da paixão italiana sobre rodas.

Uma máquina sexy e quarentona, testada com sucesso nas pistas internacionais.
Uma máquina sexy e quarentona, testada com sucesso nas pistas internacionais.

Agora sim, ganhamos o primeiro dia do ano. Esta, pelo menos, foi a impressão que ficou quando desci do carro para reencontrar a família, me esperando pacientemente. Passamos longe de Copacabana e seus fogos de artifício, longe também da Avenida Paulista e seus conjuntos sertanejos, mas perto de um legítimo cuore italiano numa cidade acolhedora. Que seja o mote para seguir em frente.

O livro mais esperado dos últimos 40 anos pelos laferistas.
O livro mais esperado dos últimos 40 anos pelos laferistas.

* Jean Tosetto é arquiteto desde 1999 e editor do site mplafer.net desde 2001. É também autor do livro “MP Lafer: a recriação de um ícone” - lançado em 2012. Este artigo foi publicado originalmente na Revista MotorMachine número 12, em março de 2015.

Feliz Natal e Próspero 2018!

Boas Festas!
Boas Festas!

Um Ano Novo é como um Long Play. Confira a faixas para um novo tempo:

Lado A

1) Encha o tanque no posto do entusiasmo
2) Não passe o fim de semana lavando o carro
3) Leve sua paixão para passear
4) Vá para um lugar diferente
5) Experimente um prato exótico
6) Levante a capota com o sol a pino

Lado B

1) O smartphone cabe no bolso? Deixe-o lá
2) Calibre os pneus. Perca os seus
3) Acelere na pista da generosidade
4) Evite a rota dos ressentimentos
5) Suba as marchas na caixa dos perdões
6) Troque beijos e abraços

Bonus track

Feliz Natal e Próspero Ano Novo!

Reunião de MPs no Pacaembu em 2017

No mês de dezembro é costume do Clube do MP fazer uma reunião para a largada de um curto passeio até um restaurante da Grande São Paulo.
No mês de dezembro é costume do Clube do MP fazer uma reunião para a largada de um curto passeio até um restaurante da Grande São Paulo.

No dia 02 de dezembro o Clube MP Lafer Brasil fez seu tradicional almoço de fim de ano, com a largada a partir da Praça Charles Miller diante do Estádio do Pacaembu. Algumas pessoas vão somente até este ponto e não seguem o comboio até o destino do ano, que nas últimas edições tem se concentrado em Itapecerica da Serra.

Estas oportunidades são ótimas, entre outras coisas, para influenciar os mais jovens no gosto por carros antigos e em especial pelo MP Lafer. Foi o que o Luiz Carlos Papai fez: ele levou seu filho para ver de perto as máquinas que tanto admira, tendo o prazer adicional de encontrar com Percival Lafer, o arquiteto responsável pelo projeto do carro.

As fotos foram encaminhadas pear ao site mplafer.net pelo Walter Arruda, presidente do Clube do MP, a quem somos gratos pela amizade que surgiu junto com as nossas primeiras publicações.

Os MPs largam do Pacaembu em direção à Itapecerica da Serra.
Os MPs largam do Pacaembu em direção à Itapecerica da Serra.

Luiz Carlos Papai, seu filho e Percival Lafer: selfie para garantir mais uma geração de entusiastas do MP.
Luiz Carlos Papai, seu filho e Percival Lafer: selfie para garantir mais uma geração de entusiastas do MP.

O criador do MP Lafer dirige um Mercedes-Benz, marca que lhe influenciou no projeto do LL.
O criador do MP Lafer dirige um Mercedes-Benz, marca que lhe influenciou no projeto do LL.

Veja também:


Itapecerica da Serra 2017

Almoço do Clube do MP em Itapecerica da Serra - 2017

Dezenas de MPs se aglomeram em torno da Praça Charles Miller, diante do Estádio Municipal do Pacaembu, que apesar de tombado está na mira de ser privatizado.
Dezenas de MPs se aglomeram em torno da Praça Charles Miller, diante do Estádio Municipal do Pacaembu, que apesar de tombado está na mira de ser privatizado.

Em 2018 não sabemos quem será eleito presidente do Brasil ou quem vai ganhar a Copa da Rússia, mas já sabemos que o Clube MP Lafer Brasil continuará preservando o legado da marca de automóveis mais charmosa da América do Sul. 

Por Gilberto Martines

Estou enviando um breve relato e umas fotos do almoço de confraternização de final de ano do Clube do MP Lafer Brasil. Nosso almoço anual foi realizado no já conhecido restaurante Dr. Costela localizado na Rodovia Régis Bittencourt.

O sábado amanheceu meio nublado, mas mesmo assim estavam presentes 30 MPs na Praça Charles Miller, no momento em que partimos com destino ao restaurante. Seguimos o percurso já determinado em carreata.

Enquanto não chegava o momento de nossa partida, os laferistas presentes aproveitavam para rever os amigos e colocar o papo em dia. Nesse momento contamos com a presença do Senhor Percival Lafer, que dispensa apresentações, e de um laferista de Aracaju, o Senhor Jeferson e seu filho, que estavam em São Paulo e aproveitaram para prestigiar o nosso evento.

As 10:30 horas partimos. Saímos da Praça Charles Miller, subimos a Avenida Pacaembu até a Avenida Doutor Arnaldo, descemos a Avenida Rebouças até a Avenida Eusébio Matoso, pegamos a Avenida Francisco Morato passando por Taboão da Serra e a Rodovia Regis Bittencourt até o km 293,5.

As 11:45 horas chegamos ao nosso destino, fomos recebidos pelo dono do restaurante e encontramos com mais alguns laferistas que não seguiram nossa carreata, pois foram diretamente para o Dr. Costela.

O almoço estava muito bom, com muita brincadeira, muita alegria e música ao vivo de boa qualidade. Como sempre o nosso amigo e presidente Walter e o nosso diretor Romeu fizeram uso da palavra para agradecer a presença de todos e desejar um feliz Natal e um 2018 repleto de felicidades.

Neste ano Percival Lafer escolheu prestigiar o encontro do Clube do MP Lafer no Pacaembu a bordo de seu Mercedes-Benz 220 - um modelo produzido entre 1954 e 1959.
Neste ano Percival Lafer escolheu prestigiar o encontro do Clube do MP Lafer no Pacaembu a bordo de seu Mercedes-Benz 220 - um modelo produzido entre 1954 e 1959.

MP Lafer Futebol Clube? Não, as camisas vermelhas diante do acesso monumental do Pacaembu são de um clube que congrega várias torcidas.
MP Lafer Futebol Clube? Não, as camisas vermelhas diante do acesso monumental do Pacaembu são de um clube que congrega várias torcidas. 

Jeferson e seu filho são de Sergipe. Eles estavam em São Paulo e foram testemunhar a largada do pequeno passeio até Itapecerica.
Jeferson e seu filho são de Sergipe. Eles estavam em São Paulo e foram testemunhar a largada do pequeno passeio até Itapecerica.

A churrascaria que recebeu a carreata de MP Lafer fica na estrada que liga São Paulo à Curitiba, a capital do Paraná.
A churrascaria que recebeu a carreata de MP Lafer fica na estrada que liga São Paulo à Curitiba, a capital do Paraná.

O Giba seguiu o conselho do baterista dos Beatles, Ringo Starr: "Pare e sinta o cheiro das flores."
O Giba seguiu o conselho do baterista dos Beatles, Ringo Starr: "Pare e sinta o cheiro das flores."

Os incansáveis Walter Arruda e Romeu Nardini, conduzindo o Clube do MP Lafer em mais um ano.
Os incansáveis Walter Arruda e Romeu Nardini, conduzindo o Clube do MP Lafer em mais um ano.

Veja também:

Galeria 2017: Monaco

A combinação entre o verde da carroceira e o bege da tapeçaria deixa o MP Lafer ainda mais charmoso.
A combinação entre o verde da carroceira e o bege da tapeçaria deixa o MP Lafer ainda mais charmoso.

O MP LAFER DA FAMÍLIA MONACO

No dia 12 de novembro a Fernanda Monaco, professora radicada em São Paulo capital, entrou em contato conosco através da página do mplafer.net no Facebook. Ela queria saber quando seria o próximo evento promovido pelo Clube MP Lafer Brasil. Respondemos indicando o link com a agenda que publicamos aqui no site.

No mesmo dia ela enviou a foto do MP Lafer que é o xodó de sua família. Um lindo conversível fabricado em 1978 em ótimo estado de originalidade e conservação.

O carro foi comprado pelo pai da Fernanda, José Mario Monaco, já aposentado. A gente espiou o perfil dele no Facebook e vimos que seu bom gosto também se estende para o time de futebol - que a gente não vai entregar aqui para não arrumar briga com a maioria, que tem o nosso respeito.

Para nós é uma satisfação compartilhar a paixão das pessoas pelo MP Lafer. Por causa das redes sociais temos recebido menos colaborações, mas elas são sempre bem vindas.


Veja também:

Galeria 2017: Rodrigues

Este MP Lafer 1979 está disponível para celebrações de casamentos.
Este MP Lafer 1979 está disponível para celebrações de casamentos.

LOJA DO CARRO ANTIGO

O paulistano Rogerio Rodrigues é engenheiro, trabalha numa multinacional, mas tem na paixão por carros antigos o projeto para continuar trabalhando após a aposentadoria formal - se o governo deixar.

Morando no distrito de Barão Geraldo em Campinas, no interior de São Paulo, Rodrigues tem uma pequena coleção de veículos que ele disponibiliza para locação através do site que administra: a Loja do Carro Antigo.

Entre os modelos que ele conserva, destaca-se um MP Lafer 1979, com o qual Rogerio prestigiou o 21º Passeio do MP Lafer - Águas de São Pedro 2017.

Foi neste belo encontro que tivemos a oportunidade de registrar seu conversível para o site mplafer.net - além de seguirmos juntos o caminho de volta para casa.

Rodrigues mostra o estofamento original de fábrica de seu MP, cujo banco do passageiro tem uma bolsa oculta sob o encosto.

Volante, painel e manopla de câmbio em madeira: material orgânico para deixar o carro aconchegante.
Volante, painel e manopla de câmbio em madeira: material orgânico para deixar o carro aconchegante.

Clique na imagem e saiba mais sobre a Loja do Carro.
Clique na imagem e saiba mais sobre a Loja do Carro Antigo .

Veja também: