Almoço do Clube do MP em Itapecerica da Serra - 2017

Dezenas de MPs se aglomeram em torno da Praça Charles Miller, diante do Estádio Municipal do Pacaembu, que apesar de tombado está na mira de ser privatizado.
Dezenas de MPs se aglomeram em torno da Praça Charles Miller, diante do Estádio Municipal do Pacaembu, que apesar de tombado está na mira de ser privatizado.

Em 2018 não sabemos quem será eleito presidente do Brasil ou quem vai ganhar a Copa da Rússia, mas já sabemos que o Clube MP Lafer Brasil continuará preservando o legado da marca de automóveis mais charmosa da América do Sul. 

Por Gilberto Martines

Estou enviando um breve relato e umas fotos do almoço de confraternização de final de ano do Clube do MP Lafer Brasil. Nosso almoço anual foi realizado no já conhecido restaurante Dr. Costela localizado na Rodovia Régis Bittencourt.

O sábado amanheceu meio nublado, mas mesmo assim estavam presentes 30 MPs na Praça Charles Miller, no momento em que partimos com destino ao restaurante. Seguimos o percurso já determinado em carreata.

Enquanto não chegava o momento de nossa partida, os laferistas presentes aproveitavam para rever os amigos e colocar o papo em dia. Nesse momento contamos com a presença do Senhor Percival Lafer, que dispensa apresentações, e de um laferista de Aracaju, o Senhor Jeferson e seu filho, que estavam em São Paulo e aproveitaram para prestigiar o nosso evento.

As 10:30 horas partimos. Saímos da Praça Charles Miller, subimos a Avenida Pacaembu até a Avenida Doutor Arnaldo, descemos a Avenida Rebouças até a Avenida Eusébio Matoso, pegamos a Avenida Francisco Morato passando por Taboão da Serra e a Rodovia Regis Bittencourt até o km 293,5.

As 11:45 horas chegamos ao nosso destino, fomos recebidos pelo dono do restaurante e encontramos com mais alguns laferistas que não seguiram nossa carreata, pois foram diretamente para o Dr. Costela.

O almoço estava muito bom, com muita brincadeira, muita alegria e música ao vivo de boa qualidade. Como sempre o nosso amigo e presidente Walter e o nosso diretor Romeu fizeram uso da palavra para agradecer a presença de todos e desejar um feliz Natal e um 2018 repleto de felicidades.

Neste ano Percival Lafer escolheu prestigiar o encontro do Clube do MP Lafer no Pacaembu a bordo de seu Mercedes-Benz 220 - um modelo produzido entre 1954 e 1959.
Neste ano Percival Lafer escolheu prestigiar o encontro do Clube do MP Lafer no Pacaembu a bordo de seu Mercedes-Benz 220 - um modelo produzido entre 1954 e 1959.

MP Lafer Futebol Clube? Não, as camisas vermelhas diante do acesso monumental do Pacaembu são de um clube que congrega várias torcidas.
MP Lafer Futebol Clube? Não, as camisas vermelhas diante do acesso monumental do Pacaembu são de um clube que congrega várias torcidas. 

Jeferson e seu filho são de Sergipe. Eles estavam em São Paulo e foram testemunhar a largada do pequeno passeio até Itapecerica.
Jeferson e seu filho são de Sergipe. Eles estavam em São Paulo e foram testemunhar a largada do pequeno passeio até Itapecerica.

A churrascaria que recebeu a carreata de MP Lafer fica na estrada que liga São Paulo à Curitiba, a capital do Paraná.
A churrascaria que recebeu a carreata de MP Lafer fica na estrada que liga São Paulo à Curitiba, a capital do Paraná.

O Giba seguiu o conselho do baterista dos Beatles, Ringo Starr: "Pare e sinta o cheiro das flores."
O Giba seguiu o conselho do baterista dos Beatles, Ringo Starr: "Pare e sinta o cheiro das flores."

Os incansáveis Walter Arruda e Romeu Nardini, conduzindo o Clube do MP Lafer em mais um ano.
Os incansáveis Walter Arruda e Romeu Nardini, conduzindo o Clube do MP Lafer em mais um ano.

Veja também:


Galeria 2017: Monaco

A combinação entre o verde da carroceira e o bege da tapeçaria deixa o MP Lafer ainda mais charmoso.
A combinação entre o verde da carroceira e o bege da tapeçaria deixa o MP Lafer ainda mais charmoso.

O MP LAFER DA FAMÍLIA MONACO

No dia 12 de novembro a Fernanda Monaco, professora radicada em São Paulo capital, entrou em contato conosco através da página do mplafer.net no Facebook. Ela queria saber quando seria o próximo evento promovido pelo Clube MP Lafer Brasil. Respondemos indicando o link com a agenda que publicamos aqui no site.

No mesmo dia ela enviou a foto do MP Lafer que é o xodó de sua família. Um lindo conversível fabricado em 1978 em ótimo estado de originalidade e conservação.

O carro foi comprado pelo pai da Fernanda, José Mario Monaco, já aposentado. A gente espiou o perfil dele no Facebook e vimos que seu bom gosto também se estende para o time de futebol - que a gente não vai entregar aqui para não arrumar briga com a maioria, que tem o nosso respeito.

Para nós é uma satisfação compartilhar a paixão das pessoas pelo MP Lafer. Por causa das redes sociais temos recebido menos colaborações, mas elas são sempre bem vindas.


Veja também:

Galeria 2017: Rodrigues

Este MP Lafer 1979 está disponível para celebrações de casamentos.
Este MP Lafer 1979 está disponível para celebrações de casamentos.

LOJA DO CARRO ANTIGO

O paulistano Rogerio Rodrigues é engenheiro, trabalha numa multinacional, mas tem na paixão por carros antigos o projeto para continuar trabalhando após a aposentadoria formal - se o governo deixar.

Morando no distrito de Barão Geraldo em Campinas, no interior de São Paulo, Rodrigues tem uma pequena coleção de veículos que ele disponibiliza para locação através do site que administra: a Loja do Carro Antigo.

Entre os modelos que ele conserva, destaca-se um MP Lafer 1979, com o qual Rogerio prestigiou o 21º Passeio do MP Lafer - Águas de São Pedro 2017.

Foi neste belo encontro que tivemos a oportunidade de registrar seu conversível para o site mplafer.net - além de seguirmos juntos o caminho de volta para casa.

Rodrigues mostra o estofamento original de fábrica de seu MP, cujo banco do passageiro tem uma bolsa oculta sob o encosto.

Volante, painel e manopla de câmbio em madeira: material orgânico para deixar o carro aconchegante.
Volante, painel e manopla de câmbio em madeira: material orgânico para deixar o carro aconchegante.

Clique na imagem e saiba mais sobre a Loja do Carro.
Clique na imagem e saiba mais sobre a Loja do Carro Antigo .

Veja também:

Clube MP Lafer Brasil convida:

Estamos esperando por ti (foto: Jean Tosetto).
Estamos esperando por ti.

Clube MP Lafer Brasil
Almoço de Confraternização de 2017

Caro amigo laferista,

O fim de ano chegou mas, antes do Papai Noel, temos o nosso almoço de confraternização, tão esperado para aqueles que têm poucas oportunidades para andar com o MP.

É sempre prazeroso colocar o carro na estrada, curtir o vento no rosto, sentir o prazer de dirigí-lo e reencontrar os amigos.

Data: 02 de dezembro de 2017 (sábado).
Local de saída: Praça Charles Miller – Pacaembu (cartão azul obrigatório e só no APP do Celular).
Horário de saída: 10:00 horas.
Local de destino: “Dr. Costela ” Rodovia Regis Bittencourt, km. 293,5 – Itapecerica da Serra.
Prato: Rodízio de carnes diversas com ênfase na costela assada, mais buffet de saladas e outras guarnições.
Preço negociado: R$ 49,90 (homem e mulher), fora bebidas, fora sobremesa, mais taxa de 10% de serviços. O couvert artístico de R$ 8,00 é opcional.
Trajeto: Praça Charles Miller, subida da Avenida Pacaembu até a Avenida Doutor Arnaldo, Avenida Rebouças, Avenida Eusébio Matoso, Avenida Francisco Morato passando por Taboão da Serra, Rodovia Regis Bittencourt até o km 293,5.

Não se esqueça de ir uniformizado.

Se não der para ir com o MP, vá com outro carro. O importante é nos encontrarmos.

Até lá,

Walter Barboza Arruda – Presidente – (11) 9.7122.6260 - walter.mplafer@uol.com.br

Romeu Nardini – Diretor - (11) 9.9154.4536 - meco98@uol.com.br



Itapecerica da Serra 2017

MP Lafer na TV da Alemanha


O maior encontro de MP Lafer fora do Brasil é realizado anualmente na Alemanha. Em 2017 o evento contou com a presença de Percival Lafer e a cobertura de um importante programa da TV alemã sobre carros.

Mensagem recebida em 03 de setembro de 2017:

"Prezado laferista,

Agora você finalmente receberá o primeiro feedback sobre a nossa sexta reunião do MP Lafer na Alemanha, em Colônia.

Não pode ser dito de outra forma: foi um evento particularmente com convidados maravilhosos.

Branca e Percival Lafer vieram especialmente do Brasil para participar da reunião do MP Lafer na Alemanha. Conhecemos a Branca e o Percival como pessoas muito agradáveis ​​e amorosas - e ambas foram tocadas pelo calor dos laferistas alemães.

A reunião deste ano foi a maior reunião fora do Brasil com um total de 15 MP Lafer e mais de 35 participantes. Também participou do evento um casal suíço-italiano, que trouxe seu Lafer de Roma.

Tivemos um tempo muito agradável e emocionante, e experimentamos algumas aventuras.

O programa "PS das Automagazine" da N-TV transmitirá em outubro uma reportagem na televisão. A equipe da N-TV nos acompanhou durante todo o sábado e filmou muitos metros de filme.

Agradecimentos especiais para a equipe de organização do encontro do MP Lafer - vocês fizeram um ótimo trabalho e nos deram muita alegria! Obrigado ao casais Moni & Michael e Jutta & Harald: vocês são os melhores!

Algumas fotos e relatórios de imprensa com filmes que você já pode ver em nossa página inicial.
Basta dar uma olhada: haverá muita informação nas próximas semanas.

Cordialmente,

Ludwig Stolz"

Escudo do MP Lafer na Alemanha.


O sétimo encontro do MP Lafer na Alemanha será realizado em agosto de 2018 na cidade de Kassel e contará com a organização de Miro Dudek, que já morou uma temporada no Brasil e levou seu MP Lafer branco para a Europa, ao retornar para o continente. Ele já está pesquisando hotéis para receber os convidados no ano que vem.


Imagem gentilmente cedida por Miro Dudek.
Imagem gentilmente cedida por Miro Dudek.


Veja também:

Galeria 2017: Garavelo

Alivio Garavelo diante de seu MP Lafer 1979 durante a concentração para a largada do passeio do Clube do MP até Águas de São Pedro em 2017.
Alivio Garavelo diante de seu MP Lafer 1979 durante a concentração para a largada do passeio do Clube do MP até Águas de São Pedro em 2017.

FIDELIDADE AO MP LAFER

Depois de tantos anos editando o site mplafer.net vamos identificando os personagens relacionados com essa paixão chamada MP Lafer.

Muitas vezes recebemos mensagens de gente interessada em comprar um exemplar da marca, desejando saber tudo da mesma. Alguns adquirem o carro, participam de todos os eventos nos primeiros seis meses, mas depois se desinteressam ou descobrem outros modelos. Com a mesma ansiedade para comprar o MP, eles querem vender para "investir em outro projeto".

Existem aqueles que nutrem um amor platônico de longa data pelo MP, mas nunca realizam o sonho de ter um na garagem. Sempre tem um empecilho que os impedem, embora continuem acompanhando as novidades que de vez em quando pingam por aqui.

E logicamente existem os entusiastas fiéis da marca. Alguns deles dirigem o mesmo MP há mais de 10, 15, 20 anos. Vemos eles uma ou duas vezes por ano, sempre nos eventos do Clube MP Lafer Brasil. O que significa que conversamos com estes amigos de longa data mais do que com alguns parentes mais distantes.

A primeira vez que vimos o Alivio Garavelo foi na largada para o passeio até Guarujá, em 2002. Lá se vão 15 anos! Ele havia acabado de retirar seu MP Lafer na oficina do Toninho, em São Bernardo do Campo.

De lá para cá ele sempre marcou presença nos passeios e almoços de fim de ano, inclusive nos prestigiando no lançamento do livro "MP Lafer: a recriação de um ícone".

E vejam só que ironia: somente agora constatamos que ele não tinha seu sobrenome gravado na seção Galeria deste site. Um lacuna que acabamos de preencher.


Veja também:

Um encontro fora de série na Alemanha

Uma coleção de MP Lafer reunida diante do Castelo Wissem em Troisdorf, Alemanha. (foto: MP Lafer Germany)
Uma coleção de MP Lafer reunida diante do Castelo Wissem em Troisdorf, Alemanha.

Era uma vez um designer de móveis, sócio de uma fábrica de móveis. Um dia ele resolveu que iria fabricar um carro no Brasil. Pessoas de bom senso (ou seriam pessoas de senso comum?) tentaram demovê-lo da ideia.

- Você já é um empresário de sucesso. Para que se meter a fabricar um carro? Isso não vai dar certo.

Imagina se ele deu ouvidos para a torcida. O entusiasmo pelos carros já estava em seu íntimo antes mesmo de fazer o primeiro risco na faculdade de Arquitetura.

O carro, você já sabe o nome: é o MP Lafer, apresentado pela primeira vez no Salão do Automóvel de São Paulo em 1972. O arquiteto por trás da iniciativa é Percival Lafer.

Percival Lafer concede entrevista para o programa "PS - Das Automagazin"  do canal alemão N-TV. (foto: MP Lafer Germany)
Percival Lafer concede entrevista para o programa "PS - Das Automagazin"  do canal alemão N-TV.

A década de 1980 chegou trazendo uma grande recessão para o Brasil. Eram tempos difíceis, de muita inflação e poucas esperanças. As empresas tombavam no chão feito vítimas da Gripe Espanhola. A Lafer também sentiu as dores do país e contratou consultores para se reestruturar para uma nova realidade.

Os engravatados recomendaram interromper a produção do carro. A Lafer deveria se concentrar apenas no que era líder. No caso, a produção de móveis articulados com qualidade para exportação. Percival foi contra: ele insistiu na continuidade do projeto do veículo e estendeu sua fabricação até 1990. A Lafer está de pé até hoje.

O MP Lafer foi um carro fora de série por 18 anos. Mais de quatro mil exemplares foram fabricados. A maior parte deles está aí para contar a história.

O gramado do hotel nos arredores de Colônia nunca ficou tão colorido. (foto: MP Lafer Germany)
O gramado do hotel nos arredores de Colônia nunca ficou tão colorido.

Permitam-me a ousadia de entrar nesta história em 1997. Meu nome é Jean Tosetto. Naquela época era um estudante de Arquitetura. Foi o ano mais difícil da minha vida. Um acidente de trânsito havia levado parte da minha família, inclusive meu irmão.

Foram meses de muita tristeza. Quando apareceu um MP Lafer 1974 para vender em nossa cidade (Paulínia) minha mãe me levou para ver o carro. Ela sabia que eu adorava aquele modelo desde criança. Ela viu meus olhos brilharem pela primeira vez depois da tragédia. Ela convenceu meu pai a me dar o carro de presente.

Pessoas de senso comum disseram:

- Jean, esse carro é complicado para cuidar. Onde você vai encontrar peças para ele? E se você bater o carro? Não tem seguro. E se roubarem?

Nesta imagem, 13 MPs alinhados. Mais dois chegariam no dia seguinte. (foto: MP Lafer Germany)
Nesta imagem, 13 MPs alinhados. Mais dois chegariam no dia seguinte.

Farei um corte na linha do tempo. Vamos para 2012. Resolvi escrever um livro sobre a história do MP Lafer. Duvidaram de mim. E daí? Nunca dei bola para a torcida. E deste modo surgiu "MP Lafer: a recriação de um ícone".

Apresentei o livro para as editoras. Algumas sequer responderam. Outras pediram seis meses para retornar. Um editor recusou o projeto, pois eu havia escrito demais e aquele livro deveria ser mais visual do que textual. Me recomendaram pedir patrocínio para a própria Lafer. Falaram que eu podia fazer uma vaquinha na Internet, também.

Disse a mim mesmo que não pediria um centavo para ninguém. Fundei a própria editora para publicar o livro, que também seria fora de série. Contratei a gráfica pelo valor de um carro zero quilômetro que, aliás, nunca tive. Encomendei mil exemplares.

Logicamente foi um empreendimento muito pequeno em relação ao que foi aportado no projeto do MP Lafer. Mas algo me diz que o livro honrou o seu propósito.

Os participantes do encontro de MP Lafer na Alemanha com exemplares do livro que conta a história do carro, ofertados pelo criador do mesmo. Surreal. (foto: MP Lafer Germany)
Os participantes do encontro de MP Lafer na Alemanha com exemplares do livro que conta a história do carro, ofertados pelo criador do mesmo. Surreal.

Na virada de 2016 para 2017 recebi uma requisição de compra de mais um exemplar do livro. O alemão descendente de poloneses (assim como também sou, por parte de mãe) Miro Dudek estava passando férias no Brasil. O endereço para entrega era de uma pousada no litoral nordestino. Quase não deu certo. O livro chegou poucas horas antes do embarque do casal para a Alemanha.

O Dudek já trabalhou no Brasil, casou com uma brasileira e levou um MP Lafer para a Europa. Ele se comunica bem em português e deve ter gostado da leitura, ou não teria entrado em contato com Ludwig Stolz, responsável pelo site do MP Lafer na Alemanha. Quando o Stolz resolveu criar a página, certamente alguém disse:

- Para que fazer isso? Quase não existem carros da Lafer na Alemanha. Enfim, tem gosto para tudo...

Sinceramente, apenas imagino que disseram ou pensaram isso. O Stolz não me contou. Ele apenas levou seu sonho adiante, como levei os meus. Seguindo os moldes dos passeios anuais do Clube MP Lafer Brasil, ele teve a ousadia de organizar um encontro anual de MP Lafer na Alemanha. Cada edição numa cidade diferente.

Ludwig e Heike Stolz, Percival Lafer, Iracema Rocha, Miro Dudek e Branca Lafer: um almoço inusitado. (foto: MP Lafer Germany)
Ludwig e Heike Stolz, Percival Lafer, Iracema Rocha, Miro Dudek e Branca Lafer: um almoço inusitado.

Neste ano o evento seria realizado em Colônia. Como o Dudek interferiu na história? Ele entrou em contato com o Percival Lafer, que mantém uma página no Facebook. Convidar não custa nada e Dudek perguntou se Percival poderia participar do evento na Alemanha, neste ano.

A Lafer está fazendo 90 anos e creio que isso pesou para Percival aceitar o convite. A previsão era reunir 15 automóveis em Colônia. Um número baixo para os padrões brasileiros (nos eventos daqui reunimos 70 carros, em média), mas excepcional em qualquer país da Europa.

Um mês antes do encontro, realizado no terceiro fim de semana de agosto, recebi a visita da Doutora Maria Cristina Gervasi, uma italiana também em férias no Brasil. Ela passou parte da juventude por aqui e seu pai tinha um MP Lafer. Ela comprou outra unidade recentemente em Roma e estava ansiosa para participar do evento na Alemanha. Tive o prazer de autografar um livro para ela.

O menino Jacob abre a porta do MP de sua mãe, Cristina Gervasi, para Branca, ao lado do Percival ao volante do carro. (foto: MP Lafer Germany)
O menino Jacob abre a porta do MP de sua mãe, Cristina Gervasi, para Branca, ao lado do Percival ao volante do carro.

Na ocasião, não sabíamos que o Percival também iria participar do evento. Só soube poucos dias antes, quando o próprio Percival entrou em contato comigo, para encomendar um lote de exemplares do livro, que ele daria de presente para cada proprietário de MP Lafer que participasse do encontro em Colônia.

Nunca um nó na garganta me imobilizou por tanto tempo.

Branca e Percival Lafer, o MP com seu livro no para-brisa, Ludwig e Heike Stolz, além da Monika. (foto: MP Lafer Germany)
Branca e Percival Lafer, o MP com seu livro no para-brisa, Ludwig e Heike Stolz, além da Monika.

As fotos contam melhor do que as palavras o que aconteceu desde então. O encontro de MP Lafer em Colônia reuniu os 15 veículos esperados. As pessoas de fora deste ambiente mágico podem perguntar:

- Quem são esses malucos?

Respondo: somos malucos apaixonados por um carrinho especial de bom. Não sabemos explicar o que ele tem, que faz gente tão interessante se aglutinar em torno dele. O que sabemos é que temos que agradecer.

Obrigado Percival Lafer, Miro Dudek, Ludwig Stolz, Cristina Gervasi, e tantas pessoas iluminadas que vamos conhecendo nesta vida que, segundo o filósofo alemão Schopenhauer, é apenas um hiato entre duas eternidades.

Que seja um hiato fora de série.

Veja também: