Galeria 2010: Fezzi

MP Lafer do Fezzi 
O MP Lafer de Fezzi em processo de restauração.

A colaboração de Emilio Fezzi para o mplafer.net ocorreu por intermédio de Pedro Bergaro, em 03 de fevereiro de 2010:

SONHOS QUE SE RENOVAM

"Sempre tive uma paixão por carros, especialmente os antigos, pois quando vejo um por aí, rapidamente remeto meus pensamentos aos meus tempos de juventude recordando o belo e impecável Bel Air, especialmente os dos anos 1951, 1956 e o mais lindo em minha opinião, o cupê 1957, aquele sem coluna e conversível.

Lembro-me da década de 1970, quando começaram a circular os primeiros MPs. Ficava vislumbrado e sonhava: "um dia vou ter um". O tempo passou, junto com ele também a minha juventude, o desejo aparentemente foi ficando para trás, outros compromissos falaram mais alto: estudos, faculdade, trabalho, família, casa, filhos e tantas outras prioridades.

MP Lafer do Fezzi 
A preparação para a pintura: a cor escolhida foi o branco pérola.

Recentemente um amigo, o Zé Carlos, comprou um MP 1979, placa preta e o trouxe até a minha casa. Foi uma satisfação e tanto ver novamente um carro tão bonito. Nesta oportunidade convidou-me para participar do seu primeiro encontro na Estação da Luz. Lembro-me: foi no dia 05 de julho de 2009. Foi um prazer muito grande, lá chegando fomos muito bem recebidos e tivemos a oportunidade de conhecer e conversar com os laferistas de plantão, ver uma quantidade grande de modelos, fotografá-los e de forma inesperada reviver novamente o meu sonho quase adormecido.

Entre uma conversa e outra, por sugestão dos amigos laferistas, surgiram algumas opções. Confesso que saí cedo de casa e não tinha a menor intenção de comprar carro algum, quando voltei a tarde para minha casa já tinha fechado negócio com um MP 1977, branco, muito bonito, o qual teria pertencido ao amigo laferista Airton Fernandes.

MP Lafer do Fezzi 
O conversível sendo montado antes da revisão final.

A partir daí iniciei o processo de restauração, cujos trabalhos tiveram início em agosto de 2009. Uma vez limpa a superfície da carroceria, constatou-se algumas pequenas trincas e ondulações na fibra. Tudo havia que ser reparado e assim foi feito. Processo trabalhoso, demorado. A cada dia que tinha oportunidade, fazia uma visita à oficina para cobrar e acompanhar com detalhes o progresso do trabalho realizado, na convicção de que ao final ficaria melhor do que quando começou.

Finalmente, o momento de decidir sobre a nova pintura, algumas opções e sugestões foram apresentadas e a escolha recaiu pelo branco perolizado. Toda a superfície do chassis foi raspada, lixada para tirar o emborrachamento que havia, substituindo por uma tinta em preto vinílico, e as partes da suspensão e facões com a cor em preto brilhante.

MP Lafer do Fezzi 
O interior da barata, completamente renovada.

Aproveitando que o motor foi baixado, trocamos o plator, o disco de fricção, retentores do volante, flexível de embreagem, coifa de câmbio, anel de vedação do volante, junta da tampa de válvula, junta de tampa lateral, cabos em embreagem e acelerador. A parte elétrica também não foi esquecida, foi totalmente refeita com a troca dos fios, terminais e cabos.

MP Lafer do Fezzi 
Carro pronto para guiar: a satisafação de ver um trabalho bem feito.

Finalmente em janeiro de 2010, a baratinha ficou pronta, agora espero que gostem e se tudo estiver bem - e não chover - poderei finalmente participar dos futuros encontros e passeios, integrando-me ao grupo, o que me dará enorme prazer."

MP Lafer do Fezzi 
Capota clara esperando para ser baixada em dias ensolarados.

MP Lafer do Fezzi
O motor e parte elétrica não foram esquecidos na recuperação do sonho antigo de Fezzi.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O seu comentário construtivo será bem vindo. Não publicaremos ofensas pessoais ou dirigidas para qualquer entidade. EVITE ESCREVER SOMENTE COM MAIÚSCULAS. Não propague spam. Links e assuntos não relacionados ao tema da postagem serão recusados. Não use termos chulos ou linguagem pejorativa.