Galeria 2018: Louis

Raios de sol passam pelos raios da roda dianteira do MP Lafer, projetando luz e sombra que conjugam os raios no asfalto.
Raios de sol passam pelos raios da roda dianteira do MP Lafer, projetando luz e sombra que conjugam os raios no asfalto.

NA BÉLGICA TAMBÉM TEM MP LAFER

Philippe Louis vive em Wavre, na Bélgica, nação localizada entre a França, Alemanha e Países Baixos na Europa, abrigando, aliás, a sede da União Europeia em Bruxelas. No dia 21 de novembro de 2017 ele entrou em contato conosco, escrevendo em francês, desejando comprar o livro "MP Lafer: a recriação de um ícone", que após cinco anos de lançamento continua sendo procurado por entusiastas da marca em várias partes do mundo.

Respondemos que vendemos o livro para fora do Brasil através de uma conta no PayPal, um sistema eletrônico de pagamento que facilita as negociações entre membros de países diversos. No dia seguinte, com autorização prévia do Louis, enviamos a ordem de pagamento que foi paga imediatamente. Em função disso o livro foi postado na agência dos Correios na mesma data.

Informamos que o livro poderia levar cerca de três semanas para ser entregue, que Louis poderia acompanhar a entrega da encomenda através de um código de rastreamento e deduzimos que ele tinha um MP Lafer na garagem, quando então o convidamos para nos enviar fotografias do carro.

As primeiras imagens chagaram na sequência. Junto com as imagens, ele informou as numerações de seu MP Lafer: chassi, carroceria, motor a ano de fabricação: 1979. Complementando a informação, ele relatou que o carro desembarcou na Bélgica antes de 1994, vindo da Califórnia nos Estados Unidos.

Apesar da falta de brilho no para-choque cromado, a dianteira do conversível conserva aspectos originais de fábrica.
Apesar da falta de brilho no para-choque cromado, a dianteira do conversível conserva aspectos originais de fábrica.

Rodas de raios arqueados, motor de carburação simples e ponteiras de escapamento personalizadas: indicativos de que este MP Lafer passou por solo norte-americano.
Rodas de raios arqueados, motor de carburação simples e ponteiras de escapamento personalizadas: indicativos de que este MP Lafer passou por solo norte-americano. 

A originalidade volta a imperar no interior deste MP Lafer, exceto pelo aparelho de rádio instalado sob o painel de madeira.
A originalidade volta a imperar no interior deste MP Lafer, exceto pelo aparelho de rádio instalado sob o painel de madeira.

Vamos reproduzir nossa resposta de 23 de novembro de 2017 integralmente, pois ela é esclarecedora para quem tem MP Lafer na América do Norte e na Europa:

"Caro Philippe Louis,

Vou responder sua mensagem com cópia para Ludwig Stolz e Miro Dudek. Eles moram na Alemanha e organizam um encontro anual de MP Lafer. Como a Bélgica é um pais muito próximo, já fica o convite para participar do evento em 2018.

Parabéns! Seu MP Lafer está em ótimo estado de originalidade. Com alguns cuidados para restaurar o brilho das partes prateadas e da carroceria e você terá um exemplar que servirá de modelo para os demais proprietários da marca na Europa.

Seu carro começou a ser fabricado pela Lafer em novembro de 1978. Preste atenção no número da carroceria:

1351 11 78

1351 é o número sequencial do seu MP Lafer (foram feitos cerca de 4.300 até 1988).

11 é o mês de novembro.

78 é o ano de fabricação (modelo 1979).

A carroceria e o acabamento interno do MP Lafer foi levado para os Estados Unidos, onde a Lafer terminou de construir o carro usando o chassi de um Beetle (VW Sedan) fabricado no México. Este chassi do México entrou nos Estados Unidos antes das mudanças nas leis locais, que criaram restrições sobre segurança e poluição do motor.

Este era o modo que a Lafer encontrou para exportar o carro para os Estados Unidos.

No Brasil, a Lafer comprava o chassi diretamente da fábrica da VW e terminava a fabricação completa no Brasil.

Sua carroceria, embora seja do modelo de 1979, tem a lanterna traseira do modelo de 1974 a 1976. Isso, no entanto, não tira a originalidade do seu carro.

O motor do MP Lafer no Brasil tem dois carburadores. O motor do seu carro tem apenas um - sem problemas: não se preocupe com isso.

As ponteiras do escapamento do seu carro representam o único item destoante. As peças originais são iguais ao do Beetle (VW Sedan). Pessoalmente, eu não trocaria: deixaria assim mesmo.

As rodas dos pneus do seu MP Lafer são do modelo dos Estados Unidos. Por isso a roda na tampa do motor é diferente: esta roda é do modelo do Brasil. As rodas dos pneus não podiam entrar em solo dos Estados Unidos.

Eu espero que este MP Lafer lhê dê muitas alegrias!

Saudações cordiais,
Jean Tosetto"

O Philippe agradeceu a nossa resposta, concordou em receber as atualizações do site do MP Lafer na Alemanha e se comprometeu em enviar novas fotos após a chegada do livro, tempo no qual uma limpeza geral poderia ser feita no carro, para levantar seu visual.

No primeiro dia de dezembro, para nossa surpresa, o livro já estava nas mãos do Louis, que assim nos reportou:

"Caro Sr. Tosetto,

Recebo seu esplêndido livro com belas fotos.

Vou ler para conhecer a história do carro, e aprender seu idioma para tanto...

Volto com a minha opinião sobre o carro.

Segue em anexo algumas fotos após a limpeza do carro.

Muito obrigado por tudo!

Com os meus cumprimentos,


P. Louis"


O representante da Lafer nos Estados Unidos, que concluiu a montagem do carro com chassi e motor de VW Sedan mexicano, não gravou o número do motor e do chassis na plaqueta do fabricante.
O representante da Lafer nos Estados Unidos, que concluiu a montagem do carro com chassi e motor de VW Sedan mexicano, não gravou o número do motor e do chassis na plaqueta do fabricante.

Apesar da carroceria ter sido fabricada em 1978 com o modelo de 1979, as lanternas traseiras são típicas das versões utilizadas em 1974 e 1975.
Apesar da carroceria ter sido fabricada em 1978 com o modelo de 1979, as lanternas traseiras são típicas das versões utilizadas em 1974 e 1975.

Demos vazão ao nosso atrevimento e pedimos mais imagens, com o MP Lafer do Louis em belas paisagens na Bélgica, ao que ele retornou comentando o clima instável em seu país, com dois meses seguidos de chuvas.

Finalmente, em 14 de janeiro de 2018, Philippe nos presenteou com fotos (uma delas abre esta publicação) de seu MP Lafer em Wavre, num raro dia de sol no rigoroso inverno europeu. Concordemos que a espera valeu a pena.

Capota arriada apenas para mostrar o volante do carro na fotografia. Devia estar muito frio para guiar nestas condições.
Capota arriada apenas para mostrar o volante do carro na fotografia. Devia estar muito frio para guiar nestas condições.

O MP na estrada rural, com casas de campo ao fundo, um moinho de vento e lindas árvores sem folhas numa típica paisagem europeia.
O MP na estrada rural, com casas de campo ao fundo, um moinho de vento e lindas árvores sem folhas numa típica paisagem europeia.

<< Anterior || Galeria 2018 || Próximo >>

Veja também:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O seu comentário construtivo será bem vindo. Não publicaremos ofensas pessoais ou dirigidas para qualquer entidade. EVITE ESCREVER SOMENTE COM MAIÚSCULAS. Não propague spam. Links e assuntos não relacionados ao tema da postagem serão recusados. Não use termos chulos ou linguagem pejorativa.